Grupo LGBT+ pede que Maurício Souza seja investigado por homofobia

Data

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

O Grupo Arco-Íris enviou notificação  ao procurador de Justiça Desportiva (TJDMG), Murilo Cláudio Mendes, e ao presidente da Federação Mineira de Voleibol, Tomas Mendes, para que o ex-jogador de voleibol do Minas Tênis Clube Maurício Souza seja investigado por crime de homofobia, por conta de recentes postagens em redes sociais.

A entidade LGBTI+ é assessorada juridicamente por NN Advogados Associados.

O fato foi noticiado pelo portal Metrópoles.

Link: https://www.metropoles.com/brasil/grupo-lgbt-pede-que-mauricio-souza-seja-investigado-por-homofobia

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Mais
Posts