Em entrevista de rádio, sócio de NN Advogados Associados opina sobre caso de mulher que furtou comida em supermercado